Vai Construir? Veja Como Contratar a Mão de Obra Diretamente.

Uma dúvida recorrente antes de se iniciar uma reforma ou construção é: Qual a melhor forma de contratação para uma obra? A resposta é: depende das suas necessidades.

A forma mais comum é a contratação direta da mão de obra. Você contrata o mestre de obras e os pedreiros, compra o material e eles fazem o que você manda. Na verdade, normalmente, quem indica os pedreiros é o mestre de obra. Isso dá certo? Pode ser que sim, mas é preciso tomar vários cuidados.

Essa é considerada a pior modalidade de contratação, porque é a mais arriscada, mas é onde você pode economizar mais ou morrer do coração. Sem dúvida é a forma mais barata se você souber o que está fazendo, mas o risco é alto e pode se tornar um pesadelo.

O primeiro cuidado é: só contrate pessoas recomendadas, que já tenham feito serviço para colegas seus, ou colegas de seus colegas. Precisa ser um serviço da mesma natureza. Não coloque um pedreiro para pintar. Não contrate ninguém sem referência.

O segundo cuidado é: Não pague por dia, pague por serviço. Se você pagar por dia, tudo irá demorar mais e mais. Mas, para pagar por serviço você precisa entender as etapas da obra, precisa pesquisar muito sobre cada etapa. Os trabalhadores vão querer terminar o serviço para receber. Então, podem não fazer todas as etapas, não colocar todos os materiais ou não fazer da forma correta. Você precisa pesquisar sobre obras, materiais e especificações. Quando você mostra o que precisa ser feito, eles percebem que será difícil te enganar.

Se você perguntar o valor da diária e o tempo que eles vão levar para terminar o serviço, vai parecer que fica mais em conta fechar por dia, mas a experiência mostra que isso não funciona assim. Bons profissionais fecham por empreitada. Eles terminam tudo rápido e bem feito. Depois já pegam outro serviço.

Esses profissionais costumam receber por semana, então, pague-os por etapas. Estabeleça marcos da obra onde eles receberão pagamento por serviço terminado e coloque os marcos de forma que o pagamento fique mais ou menos semanal. Se os marcos não forem cumpridos, não recebem até cumprirem.

Você precisa ficar em cima da obra, visitar a construção várias vezes ao dia e se certificar que eles estão entendendo o que você disse e fazendo direito. Precisa ir nas lojas comprar material. Se você entender do assunto, pode estimar os materiais e comprar as quantidades certas. Faça cálculos de metragem. Pergunte ao vendedor o quanto aquele material rende e compre logo a quantidade certa com uma margem de erro de 10 a 15% para cima (sempre existe disperdício de material). Você só paga o frete uma vez e ganha desconto pela quantidade.

Pedreiros, principalmente os que recebem diárias, tem a péssima mania de pedir material apenas para os próximos dias e normalmente as coisas acabam no meio do dia. Se você deixar os trabalhadores parados por um dia ou dois, eles vão querer receber diárias.

Essa é a forma de contratação que as empreiteiras usam. Eles são engenheiros ou mestres de obra. Sabem quanto tempo o serviço leva, conhecem todas as etapas, sabem o preço justo da mão de obra e quanto de material é preciso em cada parte. Além disso, eles compram em quantidade e conseguem descontos por comprarem para várias obras.

Se você pesquisar bastante, acompanhar a obra de perto e escolher bons profissionais, sua obra sairá bem mais barato, mas se fizer errado, pode gastar até o dobro, porque pagará mão de obra por mais tempo e terá que refazer muitas coisas na obra.

Mas, calma! Obra não é um bicho de 7 cabeças! Faça tudo com calma e cautela. Não adianta pressa!

Caso você queira uma ajuda, passa aqui com a gente! Vamos adorar lhe receber e lhe mostrar nossa loja e ofertas.

2017-10-05T22:10:14+00:00